Thursday, June 4, 2009

No limite

Esta semana resolvi trocar a quinta feira como dia de treino de velocidade para a quarta feira, pois sempre me dá mais tempo para recuperar para o treino longo de Domingo.
Dia de séries de 1000mts.
As últimas, feitas algumas semanas atrás, sairam para 00:03:43-00:03:45. A melhor tinha sido a 00:03:40.
Então, foi 1km de aquecimento, seguido de alongamentos.
Depois foi 6kms, aproximadamente 30min de rolar bem lento.
A questão estava em se iria aguentar por causa da canela que me tinha doído no dia anterior, e se iria fazer 4x1000mts mais rápido do que da última vez, ou 5x1000mts para os mesmos tempos.
A primeira série iria ditar isso.
Assim, a primeira saiu para 00:03:37:00. Aqui vi que iria fazer apenas 4 repetições, e tentar manter-me perto destes tempos.
A segunda, saiu para 00:03:35:00.
A terceira, saiu para 00:03:28:00.
E pela primeira vez em treino, comecei a gemer. Nunca tinha gemido de esforço, mas estas fizeram-me pela primeira vez isso.
A última, foi para 00:03:30:00.
A canela lá marcou a sua presença, sempre com uma tensão, e nunca me deixando ter a minha passada leve e firme, mas não me limitou muito por aí além.
As 2 últimas séries foram sempre no limite. Não dava mais. Mesmo que quisesse.

Fiquei radiante. O ritmo saiu melhor do que estava à espera. A velocidade das ultimas semanas têm vindo a ser adquiridas pelo corpo. E aqui está a prova. A diferença de tempos feitos agora e feitos na altura.
Sinal de que os treinos que tenho feito têm sido bem feitos e os resultados estão a começar a aparecer. Apesar de não me sentir com tanto ritmo como no ano passado pela mesma altura, dado a falta de treinos de velocidade, noto que o corpo está a adquirir cada treino que coloco cá dentro.

Depois ainda foram 10min a rolar muito muito lento apenas para descomprimir as pernas e livrar-me do ácido láctico.

1 comment:

JP said...

Parabéns, já está em grande forma.